Raccolta differenziata a Cagliari: inizio giugno 2019 è il caos totale!

Raccolta differenziata a Cagliari: inizio giugno 2019 è il caos totale!
Coleta separada em Cagliari: início de junho de 2019 é o caos total!



Vi racconto la mia personale esperienza poche settimane prima di questo articolo.
Vou falar sobre minha experiência pessoal algumas semanas antes deste artigo.

22 maggio ore 11,30 del 2019. Sede della “De Vizia” in viale Ciusa 133 (Cagliari).
(Na parte final você encontrará a tradução para meus parentes e amigos brasileiros).

Arrivo verso le ore 11,30 nella sede della De Vizia sita in viale Ciusa per richiedere il raccoglitore per lo smaltimento di foglie e rami (avendo un giardino). Dalle ore otto (8) dell’orario di apertura cambiano la numerazione avendo superato i “100!!!” cittadini, utenti. Riprendono da “0”, ed io leggo “10”, stacco il numeretto con scritto “40”. Il Sole è cocente, non esiste nessun riparo ed è severamente vietato fermarsi o transitare nel piccolo corridoio dove sono ubicate le postazioni degli operatori che devono ricevere i cittadini.
le frecce obbligano ad andare nella sala d’aspetto, questa minuscola, con una capacità di poter contenere massimo 10 persone, senza finestre e tanto meno il climatizzatore sulla parete non funzionante. Dopo pochi minuti i parcheggi interni riservati per i cittadini sono totalmente occupati, e le altre autovetture si mettono dove possono sotto il Sol Leone (25°!). Le persone anziane accompagnate dai parenti con una età che varia da 70 a oltre 90 anni iniziano a spazientirsi e chiedere se almeno possono utilizzare i “servizi igienici“; la risposta è sconvolgente!: “non abbiamo il bagno, i servizi igienici, se volete andate al vicino bar che dista circa 70 metri“. Questo fa capire già che la loro struttura non è a norma di legge, ma sembra che abbiano i “Santi in paradiso”. Arrivano a raffica uomini e donne che si fiondano all’interno urlando “devo fare un reclamo! Non raccolgono la spazzatura da giorni!”.
L’addetto alle informazioni, che nel mentre è un factotum: raccoglie e sistema mastelli, allontana le persone che si trovano nel corridoio obbligandole a stare sotto il Sole cocente, prende lui l’iniziativa e risponde alle miriade di lamentele rispondendo in modo ineducato e fuori luogo: “non hanno ritirato nulla? Andate in Comune e chiedete che vengano assunte maggiori persone, noi siamo troppo pochi e non possiamo sopperire a questa mole di lavoro, anche il numero verde 800533211 è in tilt! – le persone rispondono che è anche per questo motivo che si trovano nella sede di viale Ciusa, ma pronta la risposta del dipendentefatte richiesta al Comune di cagliari per avere maggiori dipendenti“, al telefono ormai non è possibile chiamare perchè saturo di oltre 20 chiamate contemporaneamente; vuole vedere come lavora al centralino? Le persone esauste mandano a quel Paese lui e tutti i dipendenti della De Vizia dicono: allora se lasciamo la spazzatura per strada è corretto? Chi punisce gli operatori della De Vizia che non fanno il loro lavoro? E fioccano parolacce a fiume!!! prima di lasciare quel luogo caldissimo e incasinatissimo.
Arriva il mio turno e l’operatore non ha bisogno di nessun documento. Per me era necessario avere il raccoglitore per il verde del giardino da smaltire. Io speravo in una cesta, ma lui torno dopo 2” con una busta bianca, dicendomi di stare molto attento a non superare l’orlo e controllare quando veniva smaltita. I miei dubbi sono tanti e gli chiedo perchè la busta è così fragile, chiunque potrebbe introdurre altro materiale che non ho posto io; lui risposte che per ora la situazione è così, molto caotica e poco gestibile. Ma se metto una busta in plastica nera, grossa, all’interno per contenere meglio foglie e rami?, lui risponde con un secco “NO!”, “deve essere l’originale, sporcarsi da terra e insetti è normale, poi lei deve sempre stare attento alla conclusione dell’operazione. Questo perchè? essendo una semplice busta bianca rinforzata, una volta svuotata dal suo contenuto può andare persa a causa del tempo: un poco di vento o un deficiente che la utilizza per altro scopo ed ecco che scatta la multa a mio nome. No!!!
Arriviamo alla frutta, mentre continuano ad arrivare persone che da circa 3 giorni non possono accedere al numero verde per le segnalazioni (ricordo l’800533211 , che tra l’altro non è possibile utilizzare con telefonia mobile, a differenza dei numeri verdi gratuiti sparsi in tutta l’Italia per le più variegate opportunità, la De Vizia ha deciso che il numero verde può essere digitato, utilizzato solo con utenze telefoniche fisse… A voli la sentenza.
Ops! novità fra meno di un mese (detto dall’operatore della De Vizia): “inizieremo in modo definitivo entro la metà di giugno 2019. Chiunque lascerà materiale all’esterno del mastello sarà sanzionato con 300€ di multa!” .
Per questi giorni di caos molti operatori per la racconta chiuderanno entrambi gli occhi, ma da giugno non ci saranno ritiri se non con i mastelli; le eccedenze verranno fotografate e multate con i già detti 300€.
Ma io mi chiedo come abbiano fatto a vincere un appalto di milioni di euro (€), e non avere nemmeno l’aria climatizzata e i servizi igienici che per legge farebbero chiudere qualsiasi attività commerciale e/o appaltatrice. Mistero delle politica cagliaritana.
A Voi la sentenza cari amici della rete. Io ho ancora le palle che mi girano e non poco, moltissimo!
Concedetemi una ultima esternazione: avendo vissuto per diverso tempo in Brasile, le “Favelas brasiliane sono più pulite delle strade cagliaritane! Questo è sicuro e garantito! Povera città di Cagliari!”.
P.S.: si avvicinano le votazioni per il rinnovo dell’amministrazione comunale di Cagliari, come si comporteranno i prossimi candidati?
Il “Servizio di Igiene Urbana” sarà all’ordine del giorno, visto come la gestione sia fatta malissimo e caotica. Hanno iniziato dalle periferie per arrivare poi nel centro cittadino di Cagliari, ed ecco il vero caos di mala gestione!: mastelli abbandonati dagli operatori della “De Vizia”; raccolta approssima, prendendo a caso quello che capita e lasciando decine, centinaia di cittadini con i rifiuti non raccolti.
Come giustamente scrive il portale Casteddu Online
Altro che capitale della Cultura e dello Sport, Cagliari città delle Pattumiere 2019!.
Vi riporto la “lettera aperta di Nicola Congiu“:
Lo spettacolo giornaliero è quello di vedere marciapiedi ingombrati da pattumiere a qualunque ora del giorno, indecoroso per una città che crede di essere turistica. La domanda sorge spontanea: prima di organizzare un nuovo sistema di raccolta, non si dovrebbe fare uno studio degli eventuali problemi che si potrebbero verificare?
Il servizio di raccolta differenziata è stato attivato a lotti. Si è partiti prima dai quartieri periferici, per poi arrivare nel cuore della città, cercando di adattarlo alle esigenze e alle problematiche, di volta in volta. Risultato: caos totale! Nel quartieri “vecchi” si è optato per le buste con il chip, in alcune zone mastelli condominiali e in altre i mastelli piccoli.

La ciliegina sulla torta è arrivata quando il servizio è partito nel quartiere di San Benedetto / Fonsarda, quartieri ad alta densità di popolazione ed esercizi commerciali. Lo spettacolo giornaliero è quello di vedere marciapiedi ingombrati da pattumiere a qualunque ora del giorno, indecoroso per una città che crede di essere turistica. Uno, perché non tutte le famiglie provvedono a ritirare il mastello entro l’orario stabilito, due perché l’orario di ritiro dei rifiuti delle attività commerciali è diverso da quello delle abitazioni ed inoltre per assenza di spazi interni, molti gestori lasciano i mastelli costantemente sul marciapiede, davanti al proprio locale.

Senza poi considerare che in alcune zone i marciapiedi sono talmente stretti che i mastelli ne impediscono quasi il passaggio.

La domanda sorge spontanea: prima di organizzare un nuovo sistema di raccolta, non si dovrebbe fare uno studio degli eventuali problemi che si potrebbero verificare? Programmazione…parola sconosciuta dall’ amministrazione Zedda, fortunatamente ai titoli di coda.

Nicola Congiu

Tradução para a língua brasileira:
DA SARDIGNA .EU, A VOI INTERNAUTI LE RIFLESSIONI 🙁
Chegada às 11,30 de manhã, na sede da De Vizia localizada em Viale Ciusa para solicitar o encadernador para o descarte de folhas e galhos (tendo jardim). Das oito horas (8) das horas de abertura a numeração muda tendo ultrapassado o “100 !!!” cidadãos, usuários. Retomar de “0”, e eu li “10”, eu removo o numeretto com a escrita “40”. O Sol é escaldante, não há abrigo e é estritamente proibido parar ou transitar no pequeno corredor onde estão localizadas as posições dos operadores que devem receber os cidadãos. as flechas forçam você a entrar na sala de espera, essa pequena, com capacidade para acomodar até 10 pessoas, sem janelas e menos ainda o ar-condicionado na parede que não funciona. Depois de alguns minutos, os lugares de estacionamento internos reservados para os cidadãos estão totalmente ocupados, e os outros carros vão para onde podem sob o Sol Leone (25 °!). Os idosos acompanhados por parentes com idade entre 70 e 90 anos começam a ficar impacientes e perguntam se podem pelo menos usar os “sanitários”; a resposta é chocante !: “não temos o banheiro, os banheiros, se você quiser, vá até o bar próximo, que fica a cerca de 70 metros de distância”. Isso deixa claro que sua estrutura não está de acordo com a lei, mas eles parecem ter “santos no céu“. Homens e mulheres chegam em rajadas, correndo para dentro gritando “Eu tenho que fazer uma reclamação! Eles não pegaram o lixo em dias!
O oficial de informação, que entretanto é um factotum: ele coleciona e domina sistemas, afasta as pessoas no corredor, forçando-as a ficar sob o sol escaldante, toma a iniciativa e responde às inúmeras queixas respondendo de maneira inculta e fora de lugar: “eles não retiraram nada? Ir para a Comuna e pedir mais pessoas para serem contratadas, somos muito poucos e não podemos compensar essa quantidade de trabalho”, até mesmo o número gratuito 800533211 está inclinado! – as pessoas respondem que também é por este motivo que estão na sede da Viale Ciusa, mas a resposta do funcionário está pronta “fez um pedido ao Município de Cagliari para ter mais funcionários, por telefone não é possível ligar porque está saturado com mais de 20 chamadas ao mesmo tempo; quer ver como funciona na central telefônica? Pessoas exaustas o mandam para aquele país e todos os funcionários de De Vizia dizem: então, se deixarmos o lixo na rua, é correto? Quem pune os operadores de De Vizia que não fazem o seu trabalho? E palavrões no rio !!! antes de sair daquele lugar muito quente e bagunçado.
Minha vez chega e o operador não precisa de nenhum documento. Para mim, era necessário que o coletor do verde do jardim fosse descartado. Eu estava esperando por uma cesta, mas ele voltou depois de 2 ” com um envelope branco, dizendo-me para ter muito cuidado para não ultrapassar a borda e verificar quando foi eliminado. Minhas dúvidas são muitas e pergunto-lhe por que o envelope é tão frágil, qualquer um poderia apresentar outro material que eu não coloquei; ele responde que, por enquanto, a situação é muito caótica e incontrolável. Mas se eu colocar um grande saco plástico preto dentro para melhor conter folhas e galhos? Ele responde com um seco “NÃO!“, Deve ser o original, sujar do chão e insetos é normal, então ela deve Preste sempre atenção à conclusão da operação. Isso porque, sendo um simples envelope branco reforçado, uma vez esvaziado de seu conteúdo, pode ser perdido devido ao clima: um pouco de vento ou um idiota que o usa para outra finalidade e é isso a multa em meu nome não !!!
Chegamos às frutas, enquanto as pessoas continuam a chegar, que por cerca de 3 dias não podem acessar o número gratuito (lembro 800533211, que entre outras coisas não pode ser usado com telefonia móvel, ao contrário de números gratuitos gratuitos espalhados em em toda a Itália para as mais variadas oportunidades, De Vizia decidiu que o número gratuito pode ser discado, usado apenas com usuários de telefones fixos … A sentença está em andamento.
Opa! notícias em menos de um mês (disse o operador de De Vizia): “vamos começar definitivamente em meados de junho de 2019. Quem deixar o material fora do tanque será sancionado com uma multa de 300 €! Para estes dias de muitos caos Os operadores da história fecharão ambos os olhos, mas a partir de junho não haverá saques, exceto com as banheiras, os excedentes serão fotografados e multados com os 300 € acima mencionados.
Mas eu me pergunto como eles conseguiram ganhar um contrato de milhões de euros (€), e nem sequer tem o ar condicionado e instalações sanitárias que por lei iria fechar qualquer negócio e / ou contratante. Mistério da política em Cagliari.
Para você a frase caros amigos da rede. Eu ainda tenho as bolas que me viram e nem um pouco, muito!
Dá-me uma última palavra: tendo vivido no Brasil há algum tempo, as “favelas brasileiras são mais limpas do que as ruas de Cagliari! Isto é seguro e garantido! Pobre cidade de Cagliari!”.
P. S .: os votos para a renovação da administração municipal de Cagliari estão se aproximando, como os próximos candidatos se comportarão?
O “Serviço de Higiene Urbana” estará na agenda, já que a gestão é mal feita e caótica. Eles partiram dos subúrbios e chegaram ao centro da cidade de Cagliari, e aqui está o verdadeiro caos da má gestão: pântanos abandonados pelos operadores de “De Vizia“; coleta aproximada tomando aleatoriamente o que acontece e deixando dezenas, centenas de cidadãos com lixo não recolhidos.
Como o portal Casteddu Online escreve corretamente
“Diferente de a capital de Cultura e Esporte, cidade de Cagliari de latas de lixo 2019!”.
Eu relato a “carta aberta de Nicola Congiu”:
O show diário é ver calçadas cheias de latas de lixo a qualquer hora do dia, impróprio para uma cidade que acredita ser turista. Surge a pergunta: antes de organizar um novo sistema de coleta, você não deve estudar nada.” problemas que poderiam ocorrer?
O serviço de coleta seletiva foi ativado em lotes. Começamos primeiro nos subúrbios e depois chegamos ao coração da cidade, tentando adaptá-lo às necessidades e problemas de tempos em tempos. Resultado: caos total! Nos bairros “antigos” optou-se por envelopes com o chip, em algumas áreas as banheiras de condomínio e em outras pequenas banheiras.

A cereja no topo do bolo veio quando o serviço começou no bairro de San Benedetto / Fonsarda, bairros e empresas densamente povoadas. O espetáculo diário é ver calçadas repletas de lixeiras a qualquer hora do dia, impróprio para uma cidade que acredita ser turista. Uma, porque nem todas as famílias fazem a coleta da cuba dentro do horário previsto, duas porque o tempo de coleta do lixo comercial é diferente do das casas e também devido à ausência de espaços internos, muitos gerentes deixam as cubas constantemente na calçada, na frente do seu clube.

Sem então considerar que em algumas áreas as calçadas são tão estreitas que as cubas quase impedem a passagem.

Surge a pergunta: antes de organizar um novo sistema de coleta, não deveria ser feito um estudo de nenhum problema que possa ocorrer? Programação … palavra desconhecida pela administração Zedda, felizmente com os créditos finais.

Nicola Congiu

DE SARDIGNA .EU, VOCÊ FOI AS REFLEXÕES 🙁

2 thoughts on “Raccolta differenziata a Cagliari: inizio giugno 2019 è il caos totale!

Lascia un commento

Il tuo indirizzo email non sarà pubblicato. I campi obbligatori sono contrassegnati *